EXPO Cidades Criativas Brasileiras reúne iniciativas de sucesso da Rede da UNESCO no país, entre 18 e 22 de julho, em Santos (SP)

 

O evento propõe uma troca de experiências e informações sobre cultura,

criatividade e a economia criativa no contexto urbano

 

De 18 a 22 de julho (segunda a sexta-feira), Santos (SP) sedia a Expo Brazilian Creative Cities (Expo Cidades Criativas Brasileiras), evento aberto ao público em geral, no Centro de Convenções Blue Med, na Ponta da Praia. Na segunda-feira (dia 18), às 10h, o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, participará da abertura oficial da Expo.

O objetivo do evento é receber pessoas de todo o Brasil interessadas em conhecer a Rede de Cidades Criativas da UNESCO, da qual Santos, no litoral paulista, é membro desde 2015. Santos é a primeira a ter o selo de Cidade Criativa do Cinema na América Latina em reconhecimento às suas políticas públicas de apoio ao setor audiovisual.

Entre os temas a serem abordados pela EXPO estão os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, a importância da consciência ambiental e da governança social e corporativa, temas englobados pela sigla ESG (Environmental, Social and Governance), e  iniciativas de destaque de startups no mercado de produção cinematográfica.

Santos apresentará algumas de suas experiências de sucesso na gestão pública, como o programa de alfabetização midiática, que visa desenvolver conhecimentos e atitudes para que as pessoas compreendam e avaliem o papel da mídia, além de incentivar a criação de produtos e conteúdo.

Nesse sentido, a cidade também foi recentemente incorporada à Media and Information Literacy Alliance (MIL), uma rede internacional da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Outro tema a ser compartilhado pela cidade-sede é a sua bem-sucedida iniciativa Vilas Criativas. Utilizando a cultura e a criatividade como principais impulsionadores da revitalização urbana, Santos estabeleceu 10 Vilas Criativas em seus bairros mais vulneráveis que atendem atualmente mais de 8 mil pessoas por ano com qualificação profissional, bem como atividades culturais e de convívio social, fortalecendo as capacidades civis e políticas de grupos menos favorecidos. Em 2021, mais de 3.200 alunos participaram de cursos de qualificação nas Vilas Criativas em áreas como gastronomia, moda e beleza, audiovisual, vendas e tecnologia. Este ano, mais de 800 vagas já foram oferecidas aos alunos. Com a continuidade da formação profissional, as comunidades também estão se beneficiando de atividades culturais, esportivas e recreativas gratuitas.

A EXPO reunirá autoridades públicas e pessoas da sociedade civil interessadas nestes temas. Entre os palestrantes estão representantes do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e da USP (Universidade de São Paulo), entre outros.

A EXPO Cidades Criativas Brasileiras é organizada pela Prefeitura de Santos e o Santos Convention &  Visitors Bureau, com o patrocínio da DP World Santos, Terracom e Gelog e apoio do Governo do Estado de São Paulo, Sebrae-SP e o Centro de Convenções Blue Med /GL Eventos.

 

Destaques da programação

 

Na terça-feira, 19, o pesquisador Ergon Cugler de Moraes Silva, do Observatório da Universidade de São Paulo (USP), fala sobre Economia Criativa e Desenvolvimento Sustentável com dados do Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação (Cellac). Zuleica Goulart, coordenadora do Programa Cidades Sustentáveis, comenta sobre os avanços e desafios dos municípios brasileiros no assunto. Secretários do Meio Ambiente e da Educação de Santos apresentam como a cidade se tornou a primeira do mundo a promulgar a Lei da Cultura Oceânica. O historiador Carlos Alberto Pereira Júnior, gestor de cultura dos municípios de Iguape e Registro (SP), fala sobre Identidade Territorial e Economia Criativa e a Doutora em Arquitetura e Urbanismo Ana Carla Fonseca, autora da primeira tese no Brasil sobre cidades criativas pela Universidade de São Paulo (USP), divide sua experiência de consultoria e curadoria em economia criativa e desenvolvimento territorial no painel Economia Criativa e Cidades Criativas.

Autora de livros pioneiros no assunto aqui no país, Ana Carla Fonseca já atuou junto a mais de 250 empresas privadas e instituições, no Brasil e no exterior, incluindo a Organização das Nações Unidas (ONU) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

 

Já na quarta-feira, 20, o foco das discussões será o Cinema e a Economia Criativa, e a Secretária-adjunta de Cultura de Santos, Raquel Pellegrini, abre a programação explicando como a cidade se tornou polo da produção cinematográfica e o papel da Santos Film Commission, criada em 2005, para ser uma facilitadora e dar suporte técnico e logístico à indústria deste setor, despertando a vocação de “cidade cenário”.

Em seguida, a produtora audiovisual Tammy Weiss comenta a atuação do Instituto Querô, uma organização sem fins lucrativos de Santos que usa o audiovisual para estimular talentos e promover a inclusão cultural de jovens moradores da periferia. Débora Ivanov, sócia da Gullane Entretenimento, uma das principais produtoras brasileiras de conteúdo para cinema, televisão e mídias digitais, traça um panorama do setor audiovisual brasileiro. Com mais de 25 anos de experiência no mercado, Débora foi diretora da ANCINE, a Agência Nacional de Cinema, entre 2015 e 2019, e é uma das fundadoras do Instituto Querô.

A Secretária de Empreendedorismo, Economia Criativa e Turismo de Santos, Selley Storino, dá sequência ao painel abordando o projeto das Vilas Criativas, uma experiência bem-sucedida da cidade que oferece qualificação profissional nas áreas de gastronomia, moda e beleza, vendas e tecnologia, atividades culturais, esportivas e de convívio social nas dez unidades instaladas nos bairros de maior vulnerabilidade social da cidade. Na sequência, Selley Storino retorna para o painel sobre Economia Criativa como Impulsionadora da Nova Economia, junto aos secretários de Turismo e Viagens e de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, respectivamente Vinicius Lummertz e Sérgio Sá Leitão, e do superintendente do Sebrae-SP Marco Vinholi.

A quinta-feira, 21 de julho, será dedicada à governança ambiental, social e corporativa das empresas (ESG), com o Secretário de Meio Ambiente de Santos,  Marcos Libório, abrindo os trabalhos colocando o meio ambiente como um dos pilares do ESG. Os consultores do Sebrae Nacional Alfredo Cordella e Paulo Queija e convidados estão no painel ESG: avanços e desafios. O especialista em marketing e comunicação digital Angelo Whosoever, professor do MBA do Instituto de Ensino Superior de Brasília – IESB, discorre sobre a nova era do mundo virtual que tenta replicar a realidade por meio de dispositivos digitais, na palestra Metaverso e NFT. Jenifer Botossi, mestra em Gestão e Desenvolvimento Regional aborda conceitos e conexões entre economia criativa e desenvolvimento sustentável. Apaixonada por artes, ela conta como um projeto cultural pode contribuir com a Agenda 2030 da ONU.

 

Temas como mobilidade urbana e startups fecham o último dia da EXPO Cidades Criativas Brasileiras, na sexta-feira, 22. Entre uma palestra e outra sobre planejamento urbano, com apresentação de iniciativas de sucesso da cidade de Santos, haverá também atividades com foco em gastronomia e artesanato, uma delas com Pedro Franco, considerado um dos expoentes do design brasileiro da atualidade, em palestra sobre artesanato e design. O artista é criador de coleções que expressam as raízes brasileiras com um olhar singular, sob o conceito denominado Brasilidade Industrial, a qual trabalha com novas matérias-primas tecnológicas e sustentáveis a partir de sementes de frutos amazônicos, valorizando diferentes microrregiões brasileiras. A programação completa da EXPO Cidades Criativas Brasileiras está disponível no site: expobraziliancreativecities.visitesantos.com.br.

 

EXPO Cidades Criativas Brasileiras

Aberto ao público

De 18 a 22 de julho, de segunda a sexta, das 10h às 19h

Local: Centro de Convenções Blue Med – Praça Almirante Gago Coutinho, 29, Ponta da Praia, Santos-SP.

Para mais informações, acesse o site.

 

Assessoria do Santos Convention e Visitors Bureau

Conteúdo Comunicação

Luciano Pereira – luciano.pereira@conteudonet.com

  1. 94223-8236

Roberta Montanari – roberta.montanari@conteudonet.com

  1. 99967-3292

Lúcio Nunes (em Santos) – lucionsf@gmail.com

  1. 99143-0806

Fernanda Mello (em Santos) – fernandamatheusdemelo@gmail.com

  1. 99121-6684

Assessoria da Prefeitura Municipal de Santos

Michella Guijt – atendimento@santos.sp.gov.br

  1. 99127-3000

Post Tags :